ColunistasDicas

Psicologia e home office: saiba como organizar seu atendimento em casa

Tempo de leitura: 4 minutos

 

O mundo sempre esteve em constante mudança, mas o momento atual colocou à prova o mundo inteiro e os psicólogos não ficaram fora disso! O isolamento social em que estamos vivendo, tem exigido novos hábitos, inclusive na vida profissional, fazendo com o que a rotina da clínica (ou de casa) mude completamente. Por este motivo, chamamos as @arquitetasonline para dar dicas de como transformar seu home office!

Readequar os espaços se tornou uma prioridade para viabilizar a continuidade de atendimentos/consultas online – que tem sido muito requisitadas nesses tempos de transformação – principalmente quando não há possibilidade de compartilhar uma clínica ou o espaço de trabalho tradicional, por questões de segurança. Nesses casos, a solução é dedicar um espaço da casa para home office.

Por isso, vamos te dar dicas de como tornar seu ambiente mais confortável para seus atendimentos!

1. Como definir o local?

 

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário um grande espaço ou um cômodo da casa dedicado apenas para isso. Se você tiver essa possibilidade, perfeito! Porém, sabemos que não é a realidade da maior parte das pessoas. Nesse segmento, com certeza, você terá que escolher um lugar que possa ter privacidade para os atendimentos.

Uma bancada ao lado da cama, no quarto – se você tem um bom espaço de circulação -; abaixo ou em frente à uma janela – que já aproveita muito a luz natural; atrás do sofá, como um aparador; em um vão ocioso do corredor ou até mesmo na pequena varanda que na correria do dia a dia você acabava não usando (e que privilégio!!)…

A ideia é fugir de usar a mesa de refeições para essa finalidade, pois ela já tem uma função muito importante e você estará sempre se movendo com seu trabalho, sem um local definitivo.

2. Como garantir que barulhos da casa não atrapalhem a consulta

Se você não tem possibilidade de dedicar um cômodo da casa apenas para esta função, é muito importante que esteja em um ambiente com porta – principalmente se tiver mais pessoas convivendo na casa. Vale lembrar das dicas que demos em outro post, para a recepção de um consultório, você pode levar isso para a sua casa também.

Mesmo que o atendimento seja feito com fones de ouvido, uma música ambiente garante maior privacidade do seu trabalho em relação à casa e, com certeza, deixa seu paciente mais à vontade. Se você for investir em uma mesa/bancada, procure usar em madeira ou mdf (laminados) que são ótimos absorventes e causam menos ruídos do que um vidro, por exemplo.

Os tecidos também são ótimos aliados para absorção do som, então um tapete no piso pode ajudar muito nessa situação. Lembre-se: quanto mais vazio estiver o ambiente, maior será o eco e reverberação de sons.

3. Como deixar o ambiente mais confortável, de forma econômica

Independentemente do tempo que você pretende ficar trabalhando nesse formato online, será muito mais produtivo você pensar e programar ele como o seu espaço oficial, organizado e confortável, que é a situação do momento.

Aqui vão algumas dicas:

  •  Se você não vai dedicar um cômodo da casa para essa função, mas gostaria de ter mais privacidade ou de “separar” esse espaço da convivência, você pode usar estantes divisórias com nichos, cortinas ou até mesmo um biombo para “fechar” o local;
  • Não é necessário usar marcenaria sob medida para criar um office. Existem muitas opções – para todos os tamanhos – de mesas prontas em loja. Agora, se você precisar de uma bancada com medida bem específica, você pode encontrar em loja de bricolagem (lá mesmo eles cortam no tamanho que você precisar e você leva ela pronta para casa, apenas precisará fixar na parede).
  • Para delimitar esse espaço como área de trabalho, você pode usar uma cor diferente nessa área de parede ou até mesmo um papel de parede. Outra opção super útil é uma parede lousa para deixar recados ou lembretes;
  • A iluminação sempre é um ponto muito importante, tanto para melhorar a qualidade de chamadas de vídeo, por exemplo, mas principalmente para o trabalho. Se você não tem uma fonte de iluminação natural direta nesse local, opte pelas luminárias de mesa!
  • Complemente o espaço com quadros, almofadas e, claro, vegetação se você tiver como mantê-las. Também existem espécies para todas as situações, até mesmo se você é o tipo de pessoa que não tem muito tempo para dedicar à elas ou não tem a condição de uma super iluminação natural. Você consegue transformar um local com elas, gastando pouco e ainda mudam a sensação do ambiente.

 

Com essas dicas, temos certeza que você irá conseguir trazer mais conforto e organização no seu novo “espaço de trabalho”. Ficou com alguma dúvida? Escreva nos comentários.

 

 

 

Arquitetas Dieiny Kipper e Lízia Witzel
Sócias Fundadoras da Empresa Arquitetas Online

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *