Diversos

Janeiro Branco e o papel do Psicólogo na promoção da Saúde Mental

Janeiro tem uma simbologia abrangente e significativa. O mês, quase sempre marcado pelas resoluções e promessas de um ano melhor, dá a todos a sensação de término de um ciclo e início de um novo. Neste período não é difícil ver uma grande parte das pessoas de nosso convívio social se comprometendo com uma vida mais saudável, com uma alimentação equilibrada, ou mesmo com o aprendizado de  um novo hobby. Não é comum, porém, observarmos nas resoluções de ano novo um maior comprometimento com os aspectos da saúde mental, considerada de grande valia para uma vivência humana.

É nesse intuito que a campanha Janeiro Branco vem ganhando relevância. A escolha do mês não foi ocasional. Para aproveitar esse embalo de um novo ciclo e de novas promessas, a campanha tem como maior objetivo levar a comunidade a uma profunda reflexão acerca da subjetividade, das emoções e dos sentimentos, e plantar um ideal coletivo de cuidado próprio durante todo o ano.

A exemplo das demais campanhas que promovem orientação e diálogo sobre males que assolam a sociedade (como o Outubro Rosa, Novembro Azul etc.) a campanha Janeiro Branco tem na figura do psicólogo um embaixador para a promoção de uma melhor qualidade de vida segundo os aspectos mentais.

É o Psicólogo um dos maiores promotores de práticas de saúde mental, é também ao psicólogo que os indivíduos recorrem quando enfrentam os mais diversos desconfortos e adoecimentos emocionais. Logo, a figura do psicólogo é de grande e importante relevância neste período.

Ainda hoje não é difícil ouvir em rodas informais de conversa que “psicólogo é coisa pra doido”. Logo, com a promoção de diálogos sobre a importância da atenção voltada  ao cuidado mental, o psicólogo encontra em seu campo profissional uma maior abertura ao diálogo com pessoas que outrora julgavam desnecessários o uso de serviços psicoterapêuticos.

Assim, o mês de janeiro permite aos psicólogos uma grande oportunidade para promover na sociedade eventos e palestras a fim de uma melhor orientação sobre a importância do cuidado com a saúde mental. E dado o grande alcance e relevância das redes sociais, o psicólogo pode também usar deste artifício para informar, conscientizar e de certa forma educar uma sociedade que se mostra cada vez mais necessitada de cuidados.

Trazer esses assuntos à luz é uma forma de quebrar “tabus”, e sabemos que a saúde mental exerce hoje papel fundamental influenciando em grande parte na saúde física de cada um. Fazer a sociedade conhecer tamanha importância é promover um campo de desenvolvimento cada vez maior da profissão e assim, melhorar consideravelmente a qualidade de vida das pessoas.

 

Conheça mais sobre a campanha clicando aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *