Blog PsicoManager

Falando de Psicologia com Tecnologia

Téchne

tecnicaO termo grego τέχνη, téchne, ‘arte, técnica, ofício’. Martin Heidegger apresenta uma rica variação de definições do termo:

Produzir, em grego, é tíkto. A raiz tec desse verbo é comum à palavra tékhne. Tékhne não significa, para os gregos, nem arte, nem artesanato, mas um deixar aparecer algo como isso ou aquilo, dessa ou daquela maneira, no âmbito do que já está em vigor. Os gregos pensam a tékhne, o produzir, a partir do deixar-aparecer” [HEIDEGGER, Martin. “Construir, habitar, pensar”. In:______. Ensaios e conferências. Trad. Emmanuel Carneiro Leão, Gilvan Fogel e Marcia Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Vozes, 2001, pp. 138-9.]

Em outro lugar Heidegger afirma:

Esta palavra [tékhne] nomeia uma forma de saber. Ela não significa o trabalho e a fabricação. Mas saber quer dizer: ter em vista desde o início o que está em jogo na produção de uma imagem e de uma obra. A obra pode ser também uma obra de ciência ou de filosofia, de poesia ou de eloquência. Arte é tékhne, mas não técnica. O artista é tekhnítes, mas não somente técnico ou artesão”[HEIDEGGER, Martin. “A proveniência da arte e a destinação do pensamento” (1967). In: L’Herne – Martin Heidegger. Paris: Éditions de l’Herne, 1983, p. 84.]

Portanto, a teknê grega, aponta para uma ação que implica o fazer, não o fazer da mecânica,  mas o “ter em vista desde o início o que está em jogo na produção de uma imagem e de uma obra“. Onde a habilidade, o  saber fazer, ter uma espécie de conhecimento técnico, não são por si só a garantia da execução; assim, tem-se, também, o ato, o trabalho, a profissão, ao desempenho da tarefa, isto implica dizer, a deontologia que se firma na existência do fenômeno da teknê. Por isto, o profissional é aquele que executava um trabalho, fazendo-o com uma espécie de “perfeição” ou estilo, em virtude de possuir o conhecimento e a compreensão dos princípios envolvidos no desempenho.

Neste sentido, o Psicomanager,  é um sistema que propõe ao psicólogo, no exercício das suas atividades clínicas, situar-se no sentido da técnica. Mas, não a técnica mecânica, hermética, mas um fazer que deixa o profissional com toda liberdade para expressar as suas habilidades e competências. Assim sendo, a questão se firma: Psicologia COM tecnologia. O sistema Psicomanager é um parceiro organizacional do profissional de psicologia.