Blog PsicoManager

Falando de Psicologia com Tecnologia

Como Psicologo Emite Recibos

Post-recibo

Uma duvida muito comum entre os profissionais e como psicologo emite recibos. Por exigência da Lei Complementar 116/03, todos aqueles que atuam como profissional autônomo precisam recolher o Imposto Sobre Serviços (ISS), um tributo municipal. Somente após este recolhimento é que o psicólogo poderá emitir recibos que terão valor para efeitos legais. Além deste tributo obrigatório, há outros devidos por aqueles que se constituem sob a forma de sociedades profissionais e que expõem anúncios em locais visíveis ao público.

Sobre a obrigatoriedade da emissão dos recibos, conforme estabelece o Código de Ética no artigo 1º alínea “e”, são deveres fundamentais dos psicólogos estabelecer acordos de prestação de serviços que respeitem os direitos do usuário ou beneficiário de serviços de Psicologia.

Saiba Mais: goo.gl/IMGLYA

Psicologia Positiva

Post-psicologiapositiva

Pessoas que sabem agradecer são mais felizes e conseguem criar relacionamentos mais sólidos e duradouros.

É como aquela história do copo com água pela metade. O copo está meio cheio ou está meio vazio?

Em nossas vidas, todos nós vamos enfrentar bons e maus momentos. Se focamos a nossa atenção apenas nos momentos ruins (o copo meio vazio),  a tendência é que sentimentos negativos apareçam e se tornem até constantes. Mas se por outro lado nós vermos  o que está dando certo (o copo meio cheio), os sentimentos serão positivos e a nossa qualidade de vida terá tendência de melhorar.

O exemplo do copo pode parecer distante, então podemos pensar em um relacionamento amoroso no qual a esposa sempre reclama se tudo o que o marido não faz por ela, como, por exemplo, ajudar a colocar o lixo para fora. Claro, isso pode continuar acontecendo. Porém, as emoções podem mudar muito, se ela também ver o que ele faz: como ficar um dia todo no shopping vendo-a fazer compras, interminavelmente.

O foco dela pode ser o que ele não faz (o copo meio vazio) ou o que ele faz (0 copo meio cheio).

Bem, então vamos às duas atividades de agradecimento elaboradas pelo Seligman:

Carta de agradecimento

Feche seus olhos. Relembre do rosto de alguém que ainda esteja vivo e que há alguns anos tenha feito ou dito algo para você e que mudou a sua vida para melhor. Alguém que você não tenha recebido o seu muito obrigado, o seu agradecimento. Alguém que você poderia se encontrar face a face na próxima semana. Conseguiu pensar em alguém?

A gratidão pode fazer a sua vida mais satisfatória e feliz. Quando nós sentimos gratidão, nós nos beneficiamos de uma lembrança agradável de um evento positivo em nossas vidas. E, também, quando nós expressamos a nossa gratidão, nós fortalecemos os nossos vínculos com os outros.

Leia Mais: http://goo.gl/eMm1pv

Psicologo ou Psiquiatra

post-psicologoxpsiquiatra1

O psiquiatra é um profissional da medicina que após ter concluído sua formação, opta pela especialização em psiquiatria. Esta é realizada em 2 ou 3 anos e abrange estudos em neurologia, psicofarmacologia e treinamento específico para diferentes modalidades de atendimento, tendo por objetivo tratar as doenças mentais. Ele é apto a prescrever medicamentos, habilidade não designada ao psicólogo. Em alguns casos, a psicoterapia e o tratamento psiquiátrico devem ser aliados.

O psicólogo tem formação superior em psicologia, ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos, razão) e o comportamento humano. O curso tem duração de 4 anos para o bacharelado e licenciatura e 5 anos para obtenção do título de psicólogo. No decorrer do curso a teoria é complementada por estágios supervisionados que habilitam o psicólogo a realizar psicodiagnóstico, psicoterapia, orientação, entre outras. Pode atuar no campo da psicologia clínica, escolar, social, do trabalho, entre outras.

O profissional pode optar por um curso de formação em uma abordagem teórica, como a gestalt-terapia, a psicanálise, a terapia cognitivo-comportamental.

Ver mais: http://goo.gl/ICLw1L

Os Sintomas da Esquizofrenia

Post-esquizofrenia2

Os sintomas precoces da esquizofrenia, também conhecidos como prodrômicos (do grego pròdromos = precursor), são aqueles que ocorrem meses a anos antes de um primeiro surto. Eles não são específicos da doença e não permitem um diagnóstico precoce do transtorno.

Podem ocorrer comportamento hiperativo (inclusive desde a infância), desatenção e dificuldades de memória e aprendizado, sintomas de ansiedade (inquietação, somatizações, como taquicardia, palpitações e falta de ar), desânimo, desinteresse generalizado e humor depressivo. O início do transtorno pode ser confundido com depressão ou outros transtornos ansioso (Pânico, Transtorno Obsessivo-Compulsivo, Ansiedade Generalizada).

Em alguns casos ocorre interesse demasiado por temas exóticos, místicos, religiosos, astronômicos ou filosóficos, que passam a dominar o cotidiano da pessoa. Dúvidas acerca da sua existência, explicações filosóficas sobre coisas simples da vida e uma necessidade permanente de buscar significados podem deixar a pessoa mais introspectiva e isolada socialmente.

Ler mais:http://goo.gl/DXZ99P